Posts Tagged ‘vitória’

Faltam pessoas de carácter!

silencios

“A integridade dos justos os guia, mas a falsidade dos infiéis os destrói” (Provérbios 11.3)


Dizia um dia destes, um professor meu da universidade que toda a gente tem um preço, uns mais, outros menos, mas toda a gente se vende.

Que mundo cruel o que vivemos. As pessoas tornam-se cada dia mais gananciosas, mais abertas a todo o tipo de atitudes na vida que lhes traga algum benefício material ou de bem estar. A corrupção e o tráfico de influências neste mundo são, quanto a mim, duas das maiores pragas que adoece a sociedade e que proliferam rapidamente…como um vírus que infecta cada vez mais gente à medida que o tempo passa.

Todos os sectores da sociedade estão contaminados, todos…política, justiça, educação, trabalho, saúde, finanças…todos.

Embora perdamos muitas oportunidades aliciantes, embora o mundo não compreenda as nossas posições e se ria da nossa “infantilidade” por não aproveitar essas opurtunidades obscuras, vale a pena…

Como diz o versículo acima, a nossa integridade vai-nos guiar nesta vida, vamos pelos caminhos que Deus nos manda trilhar, os da justiça, do bem, do amor.

A falta de carácter das pessoas que usam esses tais meios obscuros de subir na vida, ela própria os vais destruir…a ganância e dependência vai aumentar cada vez mais e mais…e vai apodrecer cada vez mais e mais o seu carácter…e aumentar cada vez mais e mais a inquietação e desasossego nos seus corações.

Como filhos de Deus, usando o nome de Cristo para nos identificarmos neste mundo, importa-nos manter firmes, como baluartes da justiça, do correcto, do bem, pessoas de carácter!

A recompensa há-de chegar e entretanto o nosso coração caminha nesta vida sossegado e em paz.

Anúncios

Quando a fraqueza é uma virtude

image

“Por isso sinto prazer nas fraquezas, nas injúrias, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias por amor de Cristo. Porque quando estou fraco então sou forte.” (2 Coríntios 12:10)

 

Momentos há nas nossas vidas em que o único desejo nosso é ficar prostrados aos pés de Deus, sem falar, sem mexer, sem pensar…

Nesses momentos de fraqueza, tornamo-nos verdadeiramente fortes, é nesses momentos que damos o braço a torcer a Deus e reconhecemos que tentamos andar pelas nossas forças, que nos esquecemos que a verdadeira força vem de Deus.

No meio do turbilhão desta vida, estes são momentos íntimos que devem ser partilhados com Deus, e deixar que Ele, como Pai bondoso que é, cuide de nós, limpe as nossas lágrimas e nos dê uma boa dose de Fé para enfrentarmos o mundo.

Paizinho, aqui estou, como uma criança, nas tuas mãos, despojado das minhas forças, de tudo o que sou, para ser simplesmente teu!

Ultimos serão os Primeiros!

“Porquanto qualquer que a si mesmo se exaltar será humilhado, e aquele que a si mesmo se humilhar será exaltado.”(Lucas 14:7-11)

 

À luz do amor, este texto é uma afronta clara aos valores do mundo que nos rodeia!

O mundo diz-nos que temos de lutar e aparecer, procurar ser vistos pelos outros, nunca nos ficarmos pelos últimos lugares.

Pois bem, Jesus aconselha-nos de diferente maneira…procurem os últimos lugares!

A humildade a que Jesus se referia aqui, eu creio, serve para todos os meios onde nos inserimos, quer seja na igreja, no trabalho, nas amizades … se você se humilhar, terá a sua recompensa mais à frente!

Ter Cristo como salvador, é ser humilde. Só o facto de que você aceitou Jesus para sua salvação, ou seja, depende apenas dEle para ser salvo, é o maior acto de humildade que você terá. Pense nisso!

Nesta caminhada na Terra, escolha os últimos lugares e relaxe…deixe Deus chegar e honra-lo com uma subida aos primeiros!

À Luz do Amor, qual é a tua opinião?