Posts Tagged ‘mundo’

Faltam pessoas de carácter!

silencios

“A integridade dos justos os guia, mas a falsidade dos infiéis os destrói” (Provérbios 11.3)


Dizia um dia destes, um professor meu da universidade que toda a gente tem um preço, uns mais, outros menos, mas toda a gente se vende.

Que mundo cruel o que vivemos. As pessoas tornam-se cada dia mais gananciosas, mais abertas a todo o tipo de atitudes na vida que lhes traga algum benefício material ou de bem estar. A corrupção e o tráfico de influências neste mundo são, quanto a mim, duas das maiores pragas que adoece a sociedade e que proliferam rapidamente…como um vírus que infecta cada vez mais gente à medida que o tempo passa.

Todos os sectores da sociedade estão contaminados, todos…política, justiça, educação, trabalho, saúde, finanças…todos.

Embora perdamos muitas oportunidades aliciantes, embora o mundo não compreenda as nossas posições e se ria da nossa “infantilidade” por não aproveitar essas opurtunidades obscuras, vale a pena…

Como diz o versículo acima, a nossa integridade vai-nos guiar nesta vida, vamos pelos caminhos que Deus nos manda trilhar, os da justiça, do bem, do amor.

A falta de carácter das pessoas que usam esses tais meios obscuros de subir na vida, ela própria os vais destruir…a ganância e dependência vai aumentar cada vez mais e mais…e vai apodrecer cada vez mais e mais o seu carácter…e aumentar cada vez mais e mais a inquietação e desasossego nos seus corações.

Como filhos de Deus, usando o nome de Cristo para nos identificarmos neste mundo, importa-nos manter firmes, como baluartes da justiça, do correcto, do bem, pessoas de carácter!

A recompensa há-de chegar e entretanto o nosso coração caminha nesta vida sossegado e em paz.

Anúncios

Maravilhosa Virgindade!

 

 

“Porque estou zeloso de vós com zelo de Deus; porque vos tenho preparado para vos apresentar como uma virgem pura a um marido, a saber, a Cristo.“ (2 Coríntios 11:2)

 

A virgindade é o presente mais lindo que um noivo ou uma noiva pode dar ao seu companheiro.

Paulo compara a maneira como ele preparava a igreja como uma noiva se deve preparar para encontrar o marido, pura!

Pois este encontro está muito mal tratado pela sociedade actual, onde a virgindade passou de virtude a motivo de chacota.

É altura de tirar essa poeira.

A virgindade é o presente mais lindo que um noivo ou uma noiva pode dar ao seu companheiro. É um acto de controlo próprio e de amor do qual Deus se agrada e o seu companheiro irá valorizar toda a vida.

Esperar pelo casamento para iniciar a vida sexual com o companheiro é digno da mais alta honra.

Infelizmente a sociedade, querendo dar asas ao seu instinto sexual sem valores, pelo simples prazer do sexo, desvalorizou a virgindade, preferindo entregar a qualquer um as suas intimidades. Hoje, homens e mulheres casam-se com um passado sexual que, querendo eles ou não, deixa marcas e inseguranças no casamento (ou ajuntamento como está na moda). E depois porque se haveria de limitar? A fidelidade vai sendo cada vez mais desvalorizada também, na mesma escala. Faltam valores a esta sociedade.

Deus ajudará quem não pode voltar atrás para mudar as suas decisões, o amor abençoado por Deus pode tudo, mas, para quem vai a tempo, faça isso pelo seu companheiro e por si.

Tenho o maior prazer de eu e minha companheira desta vida termos a certeza que nos vamos entregar apenas um ao outro, uma só carne, a nossa intimidade, o nosso amor!

Se Deus planeou assim, é melhor de certeza assim para o ser humano.

Geração dos videojogos

Á luz do amor, preocupa-me esta geração que desponta agora, que tem como principal divertimento os videojogos e os divertimentos electronicos em geral.

Os divertimentos deixaram de ser jogar à bola na rua, estar com os amigos, dar um passeio … agora prefere-se passar um dia em casa a jogar Counter-Strikes, Pro Evolutions, Need Fos Speeds … note-se que eu gosto muito de um bom joguinho de video mas daí a fazê-lo meu divertimento predilecto vai um longo caminho:).

Mesmo os mp3’s, mp4’s … como os jovens se privam da socialização tão necessária com uns auscultadores nos ouvidos durante, se for preciso, um dia inteiro!

As consequencias futuras estão bem evidentes, fraca socialização como referimos antes, jovens fechados para si mesmos, propiciação a depressões e a pais super-protectores que até preferem assim do que deixar o seu querido filho respirar ar puro (se é que ele existe) numa partidinha de futebol com os colegas… facto que muito contribuirá para o seu mal-estar futuro.

A pior consequencia, é, quanto a mim, a maneira rebelde, rabugenta e nariz empinado que essa geração vem a desenvolver … geração “Morangos com Açucar” né … a ver vamos quando estes jovens forem governantes, gestores, tecnicos … espero estar cá para ver:).

Á luz do amor, qual é a tua opinião?

Desperdício dos ricos, alimento dos pobres

À luz do amor e preocupado, li num jornal nacional que investigadores, através de um estudo realizado na Inglaterra, descobriram que a população desperdiça cerca de um terço da comida que compra…ou seja, se uma família gasta suponhamos 3000 euros por ano de comida, esta desperdiça cerca de 1000 euros…a maioria dela intacta.

Isto corresponde a cerca de 13 mil milhões de euros de comida colocada no lixo só em Inglaterra,por ano, o que, se pensarmos no mundo inteiro nos dá um número abismante de cerca de 13 triliões de euros de comida lançada fora…escrevendo em números para vermos melhor o significado do número…

13 000 000 000 000 de euros
(13 triliões de euros).
(13 mil biliões de euros)

Agora…pensemos no outro lado do mundo, bastava um pouco de consciência social, ao invés de egoísmo capitalista, para podermos acabar com a fome no mundo…13 triliões de euros por ano???

Conclusão

Só não matamos a fome no mundo porque não queremos, o desperdício anual dos países ricos, matava a fome dos países pobres.

À Luz do Amor, qual é a tua opinião?

Felicidade Ontem, Hoje e Amanhã !

À luz do amor…será que o passar dos anos por este mundo tem trazido mais felicidade às pessoas?

Será que as pessoas hoje são mais felizes que as pessoas de há 40 ou 60 anos atrás?

Eu não me acredito!

Acho mesmo que a felicidade tem uma proveniência para além das coisas físicas desta vida!

Hoje andamos em bons carros…há 60 anos não…mas eles a andar de bicicleta eram tão felizes como nós hoje!

Há 200 anos não havia TV…hoje há TV…a mais 🙂 … mas será que somos mais felizes?

As pessoas antigamente trabalhavam muito mais duramente…será que isso as impedia de ser felizes? Será que somos mais felizes hoje?

A felicidade que eu falo tem mais haver com Paz do que com alegrias momentaneas!

Creio que Deus é a fonte…ontem, hoje e amanhã!

À Luz do Amor, qual é a tua opinião?