Posts Tagged ‘felicidade’

Faltam pessoas de carácter!

silencios

“A integridade dos justos os guia, mas a falsidade dos infiéis os destrói” (Provérbios 11.3)


Dizia um dia destes, um professor meu da universidade que toda a gente tem um preço, uns mais, outros menos, mas toda a gente se vende.

Que mundo cruel o que vivemos. As pessoas tornam-se cada dia mais gananciosas, mais abertas a todo o tipo de atitudes na vida que lhes traga algum benefício material ou de bem estar. A corrupção e o tráfico de influências neste mundo são, quanto a mim, duas das maiores pragas que adoece a sociedade e que proliferam rapidamente…como um vírus que infecta cada vez mais gente à medida que o tempo passa.

Todos os sectores da sociedade estão contaminados, todos…política, justiça, educação, trabalho, saúde, finanças…todos.

Embora perdamos muitas oportunidades aliciantes, embora o mundo não compreenda as nossas posições e se ria da nossa “infantilidade” por não aproveitar essas opurtunidades obscuras, vale a pena…

Como diz o versículo acima, a nossa integridade vai-nos guiar nesta vida, vamos pelos caminhos que Deus nos manda trilhar, os da justiça, do bem, do amor.

A falta de carácter das pessoas que usam esses tais meios obscuros de subir na vida, ela própria os vais destruir…a ganância e dependência vai aumentar cada vez mais e mais…e vai apodrecer cada vez mais e mais o seu carácter…e aumentar cada vez mais e mais a inquietação e desasossego nos seus corações.

Como filhos de Deus, usando o nome de Cristo para nos identificarmos neste mundo, importa-nos manter firmes, como baluartes da justiça, do correcto, do bem, pessoas de carácter!

A recompensa há-de chegar e entretanto o nosso coração caminha nesta vida sossegado e em paz.

Quando a fraqueza é uma virtude

image

“Por isso sinto prazer nas fraquezas, nas injúrias, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias por amor de Cristo. Porque quando estou fraco então sou forte.” (2 Coríntios 12:10)

 

Momentos há nas nossas vidas em que o único desejo nosso é ficar prostrados aos pés de Deus, sem falar, sem mexer, sem pensar…

Nesses momentos de fraqueza, tornamo-nos verdadeiramente fortes, é nesses momentos que damos o braço a torcer a Deus e reconhecemos que tentamos andar pelas nossas forças, que nos esquecemos que a verdadeira força vem de Deus.

No meio do turbilhão desta vida, estes são momentos íntimos que devem ser partilhados com Deus, e deixar que Ele, como Pai bondoso que é, cuide de nós, limpe as nossas lágrimas e nos dê uma boa dose de Fé para enfrentarmos o mundo.

Paizinho, aqui estou, como uma criança, nas tuas mãos, despojado das minhas forças, de tudo o que sou, para ser simplesmente teu!

Viver longe do Criador?

“Ai daquele que contende com o seu Criador! o caco entre outros cacos de barro! Porventura dirá o barro ao que o formou: Que fazes? ou a tua obra: Não tens mãos?” (Isaías 45:9)

A sociedade actual vive cada vez mais para si própria, preocupados com o seu amanhã, cheios de medo do mundo, do futuro, da vida…tudo provoca ansiedade, pânico e depressão!

Na verdade viver longe do Criador nem sequer faz sentido…é como imaginar nós criarmos alguma coisa que depois se esquece de nós e não nos dá valor algum…e que até duvida que existamos. É natural que nos sintamos desprotegidos e frágeis quando assim o fazemos.

As consequências desse afastamento é que a sociedade questiona Deus, como no versículo, não tendo a noção da sua Autoridade Suprema sobre toda a criação.

Somos cacos de barro entre muitos outros cacos e é assim que nos devemos considerar…quanto mais assim nos considerarmos e mais necessitados d’Ele nos sentirmos, mais o Criador nos abençoará com a sua mão poderosa.

É possível você sentir-se protegido, seguro, aconchegado, completo nestes dias maus que correm…com o Criador ao seu lado!

“…Distante de ti Senhor, não posso viver, não vale a pena existir…” (Preciso de ti – Diante do Trono)

Felicidade Ontem, Hoje e Amanhã !

À luz do amor…será que o passar dos anos por este mundo tem trazido mais felicidade às pessoas?

Será que as pessoas hoje são mais felizes que as pessoas de há 40 ou 60 anos atrás?

Eu não me acredito!

Acho mesmo que a felicidade tem uma proveniência para além das coisas físicas desta vida!

Hoje andamos em bons carros…há 60 anos não…mas eles a andar de bicicleta eram tão felizes como nós hoje!

Há 200 anos não havia TV…hoje há TV…a mais 🙂 … mas será que somos mais felizes?

As pessoas antigamente trabalhavam muito mais duramente…será que isso as impedia de ser felizes? Será que somos mais felizes hoje?

A felicidade que eu falo tem mais haver com Paz do que com alegrias momentaneas!

Creio que Deus é a fonte…ontem, hoje e amanhã!

À Luz do Amor, qual é a tua opinião?